terça-feira, 9 de outubro de 2007

Por que Quentin Tarantino é um gênio.

Pra começar, é bom deixar algo claro: o Tarantino é um gênio dentro do que se propõe a fazer – entretenimento de qualidade. Não estou falando de filmes profundos ou pensantes, mas única e exclusivamente de entretenimento de qualidade.
Outra coisa a se deixar clara: o que é um gênio? Segundo o Houaiss “aptidão natural para algo; extraordinária capacidade intelectual, notadamente a que se manifesta em atividades criativas; indivíduo dotado dessa capacidade.
A idéia desse post surgiu após uma “discussão”, iniciada durante o programa roda-viva, quando em um dado momento se falou superficialmente sobre a “genialidade” do diretor.
Agora o porque, na minha opinião, Tarantino é um gênio.
Tudo gira em torno de Pulp Fiction, sem sombra de dúvida seu melhor filme. Bom, pra se situar: o filme é de 1994, mesmo ano de “Os Flintones”, “O Máscara” e “True Lies”. O cinema hollywodiano estava em um momento pouco criativo e carente de entretenimento de qualidade. Haviam sim, bons dramas, bons filmes europeus...... mas e o cinema de ação? O entretenimento de qualidade antes visto com Spielberg em “Indiana Jones” e com Zemeckis “De Volta Para o Futuro”? Na minha opinioão, a genialidade de tarantino gira emorno da carência do cinema americano. A quem interessa, aí vão os meus motivos pra achar que Tarantino é um gênio do entretenimento de qualidade:

- Desenterrou John Travolta, que estava esquecido e há muito só fazia filmes péssimos, como “Olha quem está falando”. Provou pra todo mundo que além de dançar, o cara é um puta ator;
- O roteiro é fantástico, com diversas referências pop e dialógos cotidianos. Na minha opinião, um dos melhores dialógos em filmes de ação da década de 90.
- A trilha sonora é maravilhosa!
- Se tornou referência para diversos outros filmes
- O principal motivo da sua genialidade: não é um filme de grandes efeitos especiais, é um filme de um grande roteiro, algo cada vez mais dificil de encontrar no cinema hollywodiano.

Até pouco, todos falavam da genialidade de Spielberg. Acho importante deixar claro que o entretenimento de qualidade pode sim ser feito de bons filmes, com bons diretores, bons roteiros, dialógos bacanas. Acontece que isso está cada vez mais raro. A indústria do cinema vive uma crise: muita tecnologia e muita $$ fazem com que os bons roteiros se tornem desnecessários. Essa crise entra em um próximo post.
Entre os filmes de entretenimento do ano, qual deles tem algo assim? Algum com bom roteiro e poucos efeitos? Na minha opinião, nenhum. Assim, os poucos que fazem – ou fizeram – bons filmes de entretenimento são considerados gênios. Gênios dentro do que se propõem a fazer.

5 comentários:

Dine disse...

Gênio é o Selton Mello!! :P

Carol Franco disse...

ÊÊÊÊÊÊÊ alguém leu meu blogggggggggggggg

kakakakakaka

ta ta tarantino disse...

Genio Selton melo hhaahahahaahhaahahahahaha
essa é a piada do milenio.
AQUELE GORDO RIDICULO,TUDO QUE ELES FAZ É SE PENDURAR NOS PROJETOS ALHEIOS, E QUANDO FAZ ALGO PROPRIO SIMPLIMESTE CATA
OS MAIORES CLICHÊS,QUE OUTROS JÁ COMERAM MASTIGARAM VOMITARAM ,ELE
VAI LA E CATA.Selton é um grande fracassado metido a cool.
Frustrante ver que ele não consegue
fazer outro personagem,ele repete o Thales de Os aspones em tudo que ele faz. TARANTINO É GÊNIO NO SEU ESPAÇO, SELTON BOIOLA NÃO CHEGA NEM
NA CUTICULA DO DEDINHO DO PÉ DE QUENTIN.SELTON SE MATA VOLTA A FAZER FORÇA DE UMA DESEJO,VAI BATER CARTÃO NA GLOBO,VAI.

Carol Franco disse...

Só p/ constar:

O Tarantino pegar referências bacanas e colocar em um filme não seria o mesmo que: "SIMPLIMESTE CATA
OS MAIORES CLICHÊS,QUE OUTROS JÁ COMERAM MASTIGARAM VOMITARAM"??????

Sou filho de toda violência disse...

Uma coisa é Tarantino catar clichês que já foram vomitados,
cuspidos,pisados etc etc.
Outra coisa é Selton Merda fazer tal coisa.
Tarantino tranforma até um filme de Van Damme em algo chamado "filme".
Selton Merda pega clichês e fica inocente achando que ele abalo bangú rsrs.Ele sonha em disser que ele é o melhor cineasta brasileiro de sua geração. Mas cinema brasileiro é uma tragédia,horrivel,chato,tenebroso de se ver. Os filmes argentinos,só quem vê pode falar a beleza que esses filmes exalam, não (cheiro do ralo) kkkkkkkkkkk. Heitor Dhalia é outro trouxa que sonha ir pra hollywood fazendo filmes undergound baratos chatos que só engana gente que curte filmes comerciais e quando vê algo de baixo orçamento acha que é o mais cool do mundo. Enfim Quentin é Quentin, Selton é Selton ou seja
fracasso global em todos os cinemas perto de sua casa.